O que sabemos sobre as novas adaptações da obra de Anne Rice

O canal AMC adquiriu os direitos de diversos livros de Anne Rice e suas duas primeiras séries serão lançadas em 2022. Confira o que sabemos dessas produções até o momento.

Um dos maiores clássicos dos filmes de vampiros, Entrevista com o Vampiro se tornou um sucesso entre os fãs de terror, entre a subcultura gótica, entre os aficionados por vampiros e entre mais um bom número de subgrupos que tem um gosto pelo macabro e pela estética e o glamour vintage do século XIX e início do XX.

Cena do filme Entrevista com o Vampiro, de 1994

Na história, acompanhamos Louis, um vampiro que resolve se expor ao mundo dos vivos e contar a sua história a um jornalista. Com um elenco de tirar o fôlego e uma direção competente de Neil Jordan, Entrevista com o Vampiro foi adaptado do livro de mesmo nome de Anne Rice

Após o filme, lançado pela 1994 pela Warner Bros., Rice só conseguiu recuperar os direitos de sua história em 2016. Nesse meio tempo, todos tinham expectativas de remakes, novos filmes, qualquer coisa que recuperasse esse universo tão rico criado pela autora. Mas o acordo só veio há poucos anos, em 2020, com a AMC comprando não somente Entrevista, mas todos os livros de Rice desse universo e de mais um outro, também criado pela, mas com um clã antigo de bruxas como protagonistas.

Novas informações ainda estão sendo divulgadas, mas ambas as séries que iniciam esse longo ciclo de histórias serão lançadas ainda esse ano. Trouxemos um apanhado sobre tudo que sabemos até agora sobre as novas produções 

Vampiros e Bruxas com Anne Rice

Nascida em outubro de 1941, Anne Rice se tornou um dos grandes nomes do terror — e, mais especificamente, das histórias de vampiros — ao publicar o seu primeiro livro da série Crônicas Vampirescas em 1976. 

Em Entrevista com o Vampiro, que dá o pontapé inicial ao que viria ser conhecido como Crônicas Vampirescas, conhecemos um vampiro chamado Louis, que resolve contar a história de sua vida a um jornalista chamado Daniel. Desde que foi lançado o livro se tornou um sucesso, tanto por sua nova roupagem aos vampiros, que são apresentados de forma muito mais humana, com sentimentos e suas próprias filosofias, como por seu estilo moderno, suas descrições detalhadas e o toque sedutor que havia em suas páginas.

Em 1985, Rice publicou o segundo livro de sua série sobre vampiros. O Vampiro Lestat foi uma resposta de Lestat, mencionado em Entrevista, aquele que transformou Louis e o arrastou pelo caminho da danação. Narrado em primeira pessoa, como em uma conversa com o leitor, conhecemos o caráter a personalidade forte de Lestat, que passa a ser a figura central das Crônicas, se tornando um dos vampiros mais queridos da ficção. Os livros seguintes, A Rainha dos Condenados (1988), A História do Ladrão de Corpos (1992) e Memnoch (1995), são todos concentrados em sua figura.

Anne Rice, autora de Crônicas Vampirescas e Bruxas Mayfair

O último livro das Crônicas foi lançado em 2018. Nesses 42 anos em que esteve publicação, muitas coisas aconteceram com Lestat e seu grupo de vampiros. Os outros livros que compõem a série são Pandora (1997), O Vampiro Armand (1998), Vittorio, o Vampiro (1999), Merrick (2000), Sangue e Ouro (2001), A Fazenda Blackwood (2002), Cântico de Sangue (2003), Príncipe Lestat (2014), Príncipe Lestat e os Reinos de Atlântida (2017), e Blood Communion: A tale of Prince Lestat (2018).

Enquanto publicava Crônicas Vampirescas, Rice também iniciou uma nova série, que se conecta em alguns pontos com a primeira, com personagens que caminham entre as duas e são citados por seus personagens. A série Bruxas Mayfair começou a ser publicada em 1990, com o livro A Hora das Bruxas, dividido em duas partes em sua publicação brasileira. Lasher (1993) e Taltos (1994) são os outros dois livros que compõem a série, que conta a história de uma antiga família bruxa que fez um pacto com um demônio antigo e perigoso e vem sendo tentada por ele desde então. As duas séries se encontram de vez nos livros Merrick, A Fazenda Blackwood e Cântico de Sangue.

Tom Cruise e Brad Pitt em Entrevista com o Vampiro

Brad Pitt e Tom Cruise no filme de 1994

Mesmo com um público fiel desde o começo da publicação dos livros de Crônicas, o filme que adapta Entrevista com o Vampiro deu um gás a mais para que outros leitores em potencial conhecessem o trabalho de Rice. 

Com a direção de Neil Jordan, lançado em 1994, Entrevista com o Vampiro foi um projeto ousado desde sua concepção. Seguindo na onda de Drácula do Coppola, lançado dois anos antes, as apostas com Entrevista eram um elenco arrebatador e glamour. Para a dupla de vampiros principais, Tom Cruise foi escalado como o estourado Lestat, enquanto Brad Pitt assumiu o papel do sonhador Louis. Outras estrelas em ascenção assumiram papéis importantes para a trama, como Kirsten Dunst que interpretou Claudia, Antonio Banderas o vampiro Armand, e Christian Slater o jornalista — este último escalado após a morte de River Phoenix, a quem o papel era destinado.

O filme conquistou uma legião de fãs, e ainda hoje é um dos favoritos quando falamos de filmes de vampiros. 

No início dos anos 2000, outro filme baseado nos livros de Anne Rice foi produzido. A Rainha dos Condenados adapta a história do segundo e terceiro livros das Crônicas, mas não é tão querido pelos fãs quanto seu antecessor — apesar da ótima performance da cantora Aaliyah como Akasha.

As novas adaptações

Uma das imagens divulgadas da nova adaptação de Entrevista com o Vampiro, da AMC

Todos foram pegos um pouco de surpresa quando a notícia que a AMC havia comprado os direitos dos livros de Anne Rice. O que mais deixou os fãs curiosos, entretanto, foi o fato de que, além dos direitos das Crônicas, a empresa também adquiriu os direitos para Bruxas Mayfair, uma série que nunca foi adaptada anteriormente e que carrega alguns temas complexos — uma antiga linhagem incestuosa, por exemplo. 

O acordo foi firmado mais ou menos ao mesmo tempo, ainda em 2020, mas com as produções adiadas pela pandemia do Covid-19. De início, Anne Rice e seu filho, Christopher Rice, seriam produtores executivos de ambas as séries. Mas, com o falecimento de Anne em dezembro de 2021, infelizmente os planos mudaram. Christopher, entretanto, permanece disposto a levar adiante as vontades de sua mãe nas adaptações.

Abaixo, algumas informações sobre as séries, que devem estrear neste segundo semestre de 2022.

Interview with the Vampire

Uma das imagens divulgadas da nova adaptação de Entrevista com o Vampiro, com Sam Reid e Jacob Anderson

Com oito episódios nesta primeira temporada, Rolin Jones assume a posição de showrunner e escritor da série. O elenco conta com Jacob Anderson como Louis, Sam Reid como Lestat, and Bailey Bass como Claudia, a criança vampira. A produção executiva é de Mark Johnson.

Alan Taylor (Família Soprano, Mad Men, Thor: O Mundo Sombrio, Game of Thrones) é o diretor responsável pelos dois primeiros episódios da série; seguido por Keith Powell (Superstore: Uma Loja de Inconveniências, Dickinson), que dirige os episódios 3 e 4; Levan Akin (O Círculo, E Então Nós Dançamos) dirige os episódios 5 e 6; e não temos informações sobre a direção dos dois últimos episódios.

Assim como no filme de 1994, algumas mudanças (mais radicais) nos rumos da história serão feitas — principalmente para o personagem Louis. No livro, o personagem sofre com a perda do irmão, o que o leva a uma vida desperdiçada no álcool, de taverna em taverna, até se encontrar com Lestat. Já na adaptação de 1994, a perda de Louis é com sua esposa e filha. Agora, Louis na verdade é um senhor de plantação. A mudança também está na idade do jornalista que ouve a história de Louis, Daniel. No livro e na adaptação de 1994, Daniel é um jovem repórter, e isso é importante para os livros que se seguem, sendo Daniel uma figura importante em Rainha dos Condenados. Agora, é vivido por Eric Bogosian, um ator mais velho. Portanto, não sabemos as alterações que serão feitas nas adaptações dos livros seguintes.

Mais adiantada que Mayfair Witches, Interview with the Vampire já tem até um teaser para matar um pouco nossa curiosidade. Assista abaixo.

Mayfair Witches

Alexandra Daddario viverá Rowan Mayfair

Esta Spalding e Michelle Ashford estão responsáveis pela produção executiva e parte do roteiro do seriado que, até o momento, tem oito episódios planejados. Spalding e Ashford trabalharam juntas anteriormente em Masters of Sex

Sabemos os nomes de alguns dos diretores, figurinhas carimbadas em produções da AMC. Os episódios 1 e 2 têm a direção de Michael Uppendahl (American Horror Story, American Crime Story, Castle Rock, Fargo); os episódios 3 e 4 têm direção de Axelle Carolyn (A Maldição da Mansão Bly, American Horror Story, Creepshow); episódios 5 e 6 serão dirigidos por Haifaa Al-Mansour (diretora do filme Mary Shelley); e ainda não temos informações sobre os dois episódios finais.

Alguns nomes do elenco também foram divulgados. Alexandra Daddario será Rowan, a protagonista, enquanto Jack Huston será Lasher. Outros nomes conhecidos para os fãs da série de livro são Carlotta, que será interpretada por Beth Grant; Cortland, vivido por Harry Hamlin; e Deirdre, interpretada por Annabeth Gish. Tongayi Chirisa viverá um personagem chamado Ciprien, que não é mencionado nos livros.

Também podemos esperar algumas mudanças em relação ao roteiro da série. No livro, Rowan Mayfair é a protagonista da história, sendo ela descendente direta do clã Mayfair, e caindo de paraquedas em meio aos transtornos familiares que acontecem após a morte de Deirdre, sua mãe, que ela mal conhecia. Também contamos com Lasher, o demônio pessoal da família Mayfair. Mas outros nomes saltam aos olhos, como o de Michael Curry, um empreiteiro que entra em contato com Rowan após uma experiência de quase morte e tem sua vida ligada à dela, mas nenhum ator foi escalado para o personagem ainda. Não sabemos se Ciprien, personagem de Tongayi Chirisa, irá assumir o papel que Michael Curry tem no desenrolar da história.

O futuro do Anne Rice-verse

Jacob Anderson em imagem divulgada de Entrevista com o Vampiro

Os executivos da AMC já têm outros planos futuros para os direitos adquiridos de tantos livros de Anne Rice. Em nota à Variety, Dan McDermott, um dos responsáveis pela produção da empresa, afirmou que, ainda que não oficialmente, os planos são para cinco ou seis séries nos próximos cinco ou seis anos.

“Nós temos outros projetos em desenvolvimentos. Eles são meio que não oficiais por enquanto, mas realmente planejamos cinco ou seis séries neste universo para os próximos cinco ou seis anos. E haverá a oportunidade de colocar personagens de séries diferentes e fazer o que nos referimos a nossa série original ‘all-star’, pegando alguns personagens secundários e talvez um personagem principal de uma ou duas séries e fazendo uma série original baseada no universo de Anne Rice. O melhor modelo seria um estilo Vingadores, onde você pega personagens de diferentes séries e os coloca juntos, e você conta uma história original usando todos eles e suas histórias de fundo e sua mitologia. O objetivo é honrar tudo do material original e seus personagens e mitologias também. Mas eu acho que é uma proposta emocionante.”

Podemos esperar momentos no mínimo estranhos com um possível encontro entre Lasher e Lestat. Mas é realmente uma proposta promissora. Estamos ansiosos para conferir novas notícias sobre o futuro dessas adaptações. 

*

E você? Curioso para conferir essas produções? Comente com a Macabra no Twitter e Instagram.

Compartilhe:
pin it
Publicado por

Acordo cedo todos os dias para passar o café e regar minhas plantas na fazenda. Aprecio o lado obscuro da arte e renovo meus pactos diariamente ao assistir filmes de terror. MACABRA™ - FEAR IS NATURAL.